segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

O QUE EU APRENDI EM 20 ANOS DE CASAMENTO

Amanhã, 12 de janeiro de 2016, completaremos 7 anos de casamento. Tô aqui escolhendo palavras para fazer um post daqueles, e enquanto paro pra ler sobre o que outras pessoas aprenderam em seus casamentos, me deparei com esse testemunho lindo de Russell D. Moore que, obviamente vou compartilhar com vocês. Me identifiquei muito em várias das experiências deles (vou destacar em negrito) e posso dizer que nós também não estávamos prontos, e, também não gostaríamos que tivesse sido de outro jeito.

Linda história:

 

"Vinte anos trás, eu estava à espera, dela. Dentro de alguns minutos, eu estaria diante da minha igreja para receber minha noiva, Maria Hanna, e empenhar a ela, diante de Deus e daquelas testemunhas, meu amor e minha vida.  Hoje, eu recordo e penso em tudo que aprendi nesses vinte anos juntos. O principal é que estou feliz por não termos esperado até que estivéssemos prontos para nos casarmos.

Eu sabia desde nosso primeiro encontro que eu a amava e queria passar minha vida com ela. Porém, muitos nos disseram: “esperem até ter dinheiro antes de casar”. É verdade. Nós não tínhamos nada. Eu tinha 22 anos e era meu primeiro ano de seminário; não fazia muito tempo que ela saíra do ensino médio. Nós examinamos e reexaminamos cenários financeiros, e nunca conseguíamos encontrar um orçamento que sugerisse que poderíamos pagar nossas contas. Foi por isso que continuei atrasando meu pedido de casamento, mesmo depois de saber que ela era “a pessoa certa”. Eu pensava que precisava de estabilidade e uma vida ganha antes de propor o casamento.

Certa noite, minha avó sabiamente perguntou-me quando eu finalmente pediria em casamento “aquela garota". Eu respondi: “quando eu puder me sustentar”. Ela riu. “Querido, eu me casei com seu avô no meio da Grande Depressão”, disse. “Nós demos um jeito. Ninguém precisa ter a vida ganha para casar. Você apenas casa, e faz funcionar”.

Com exceção do evangelho, essas foram, e permanecem, as palavras mais libertadoras que já ouvi. Eu comprei um anel que não impressionaria ninguém, na época ou agora, mas nós subimos ao altar. Meu único arrependimento é que, em vez do vigésimo primeiro, estamos celebrando hoje o nosso vigésimo aniversário.

A sabedoria da minha avó é como a diferença entre um casamento “start-up” e um casamento de “fusão”. Um casamento de fusão é o tipo que você vê todo domingo nas colunas sociais do jornal New York Times, entre um noivo que gerencia fundos de cobertura e tem um mestrado nas costas e uma noiva que é uma doutora e catedrática em cinema. Cada um deles tem sua própria vida e eles as fundem. A “start-up” ocorre quando o casamento não é o clímax da vida, mas a fundação. É quando o marido e a esposa iniciam suas vidas adultas juntos, normalmente com nada além do outro.

Nós não estávamos prontos para nos casarmos. Isso é verdade. Mas nossas finanças eram a menor das nossas preocupações.

Eu não estava pronto, aos 22 anos, para saber como consolar uma esposa chorosa que descobriu que seus pais estavam se divorciando. Eu não estava pronto para desabar sobre seus braços ao ouvir que meu avô tinha morrido. Eu não estava pronto para fazer as malas e colocar toda nossa mobília de segunda mão num caminhão de mudanças para anos de doutoramento em Louisville. Eu não estava pronto para os abortos que sofremos. Eu não estava pronto para ouvir que nunca teríamos filhos. E, por fim, eu não estava pronto para um processo de adoção que nos levou à antiga União Soviética e de volta com duas crianças com necessidades muito especiais. Eu não estava pronto para descobrir que os médicos estavam errados, e meio que subitamente, ser pai de cinco filhos. Eu não estava pronto para estar celebrando nosso aniversário de 20 anos com um bebê de dois anos em casa. E eu poderia continuar listando. 

Claro, eu não estava pronto para todas essas coisas. Em um sentido bastante real, “eu” nem mesmo existo. A vida que agora tenho é definida por nossas vidas juntos. É por isso que as Escrituras falam do casamento como uma união de “uma carne”, de uma cabeça e um corpo unidos. Essas não são duas vidas separadas, unindo seus projetos. São duas pessoas unindo-se para uma vida, uma vida juntos. Alguém pode se preparar para ser marido ou esposa. Mas nunca estará realmente “pronto”.

Enquanto recordo, posso ver a intensa alegria em nossas vidas que nunca imaginamos em nossos sonhos para o futuro. Nós amávamos aquelas noite comendo apenas sanduíche de queijo porque era tudo que poderíamos pagar. Nós amávamos sentar juntos enquanto eu escrevia uma dissertação sobre a ética do reino, fazendo pausas para assistir juntos reprises de “Frasier”. Nós amávamos dar as mãos enquanto orávamos pelo dinheiro que precisávamos para adotar (também não estávamos prontos para isso).

Eu amo conversar com ela para lembrar-me de que não importa o que alguém pense de mim ou do meu ministério, desde que eu agrade a Deus, para quem entreguei minha vida e, àquela garota para quem eu entreguei minha vida no altar. ( *-* )
A verdade é que não havia como fazermos aquele orçamento funcionar. E não havia como termos crescido o bastante para estarmos “prontos” para o que a providência divina nos reservava. Nós precisávamos um do outro. Nós precisávamos crescer juntos e saber que nosso amor pelo outro não consiste em termos de tudo. Não começou desse jeito, mas nós ainda tínhamos um ao outro.

Quando eu olho aquelas fotos de casamento de vinte anos atrás, vejo rostos de pessoas, algumas das quais já partiram. Eu vejo o rosto da minha avó ali, e penso em quão certa ela estava. Eu vejo um garoto e uma garota apaixonados, embora não tão apaixonados como agora, depois de vinte anos “dançando nos campos minados” juntos.

Nós estávamos prontos? Não. E eu não gostaria que fosse de outro jeito."  



Marido, agora eu tô frita pra escrever algo tão legal quanto esse texto, sobre o que eu aprendi nesses 7 anos do nosso casamento. =)

9 comentários :

  1. Que história linda... me identifico muito, muito mesmo...
    Karol,tenho você como amiga, de verdade, como se a conhecesse.
    Que Deus lhe dê cada dia mais felicidade e amor em seu casamento, Karol.

    ResponderExcluir
  2. O texto é realmente lindo. A gente sente como eles foram e são felizes, mesmo com todas as dificuldades que passaram.
    Eu e meu marido demoramos 10 anos para casar, pois estávamos esperando ter estabilidade financeira. Não nos arrependemos nunca, e olha que já se vão 14 anos juntos. Jamais teríamos a coragem que eles tiveram, de largar tudo para morarem em uma casinha de sape, vivendo de amor...
    Enfim, é muito romântico ve-los felizes, de mãos dadas, enfrentando cada dificuldade financeira e desafios impostos para eles...mas essa perseverança não é para todos.
    Admiro-os e desejo a eles cada dia mais união e compreensão, para que permaneçam juntos como no início, enfrentando os novos desafios.

    ResponderExcluir
  3. Que história linda. Realmente parece me faz lembrar da sua historia com o Cayo. Me faz lembrar também que tomei o exemplo de vocês e hoje estou casadíssima(10/01/2016 3 meses casada), com várias coisas por conquistar, porém felizes porque sabemos que Deus sempre abençoa. Vou publicar esse texto no meu blog e gostaria de publicar sua história com seu digníssimo. Posso?? Um beijo Karol.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha que responsa a nossa! Rsrs Que bom, minha linda, que vocês seguem felizes. Pode ser difícil o início "quando não estamos prontos", mas estando juntos, tudo vale a pena, tudo é mais gostoso. É para os fortes! :) Claro que pode postar no Blog da Condessa! Que honra! Um beijo, cheio de saudade! :*

      Excluir
  4. Oooi Karol...sou eu comentando de novo rsrrss
    Fiz aniversário de casamwnro esses dias e achei uma ideia tão fofa e criativa pra deixar o marido com cara de bobo...
    Olha so que legal!!! É uma ideia pra namorados, mas fiz algumas mudancas..
    www.namoradacriativa.com/2015/07/365-mensagens-de-amor-e-caixa-365-motivos.html

    Abraco!!

    ResponderExcluir
  5. Não case pra ser feliz... Esteja feliz pra casar.. Tenha fé acredite no amor entenda que todos erram e vão errar é vão te magoar um dia Thiago 1 ver 19 esteja sempre pronto pra ouvir tardio pra falar e tardio pra se irar... Amem como se não tivesse o mal e entenda que vc so vc poder fazer vc feliz com suas escolhas .. A contenta não entra nossa casa e nos que deixamos ela entrar.. Acredite no amor na felicidade e tenha fé no casamento não espere ficar pronto pq ninguém nunca vai estar

    ResponderExcluir
  6. Não case pra ser feliz... Esteja feliz pra casar.. Tenha fé acredite no amor entenda que todos erram e vão errar é vão te magoar um dia Thiago 1 ver 19 esteja sempre pronto pra ouvir tardio pra falar e tardio pra se irar... Amem como se não tivesse o mal e entenda que vc so vc poder fazer vc feliz com suas escolhas .. A contenta não entra nossa casa e nos que deixamos ela entrar.. Acredite no amor na felicidade e tenha fé no casamento não espere ficar pronto pq ninguém nunca vai estar....

    ResponderExcluir
  7. Que linda historia de vida,eu casei aos 18 ,ele aos 19 anos nesta época qdo não tinhamos condiçao financeiras ,*fUGIAMOS* era como chamavamos, porque não viviamos maritalmente sem o casamento,tenho hoje 45 anos de casada,que posso dizer e testificar ...Aprendi a aprender < Amar! Entender a renuncia , respeitar gdes diferenças...E continuo com O Cordao de 3 dobras a nos moldar e conformar a sua imagem e semelhança,Efes 3:22-32 . Nosso casamento não eh um conto de fada e um reencontro de vidas que a cada dia reconheçe o valor de ser UM !Louvo a Deus somente Ele eh o genuino complemento do ser humano !Aleluiaaaaa ! Obs desculpe a acentuacao ,pc problemas !

    ResponderExcluir
  8. Oi Karol.. Acabei de conhecer seu blog, e como minha apóstola diz: "não existe coincidências, existe jesuscidências". Sabe aquele momento que você precisa de uma palavra de conforto e aí, simplssmente ela vem? Pois foi esse texto pra mim. Eu e meu noivo estamos passando por um momento nada fácil, e hoje depois de uma decepção, Deus nos motivou. É maravilhoso esse cuidado de Deus conosco, nós ficamos chateados? Sim, mas foi aí que tivemos mais vontade de casar e de apressar tudo. Mas aí entra a questão do "dimdim", e comecei a procurar sobre "casamento no civil e festa muito tempo depois". Achei seu blog, li o artigo que fala sobre isso e quis ler o blog todo, e cheguei a esse texto. Chorei ao lê-lo, e foi a resposta de Deus na minha vida. Nós, eu e meu noivo, não temos condição financeira boa, mas temos nosso amor e nossa fé no Pai, isso me basta. Esse texto é lindo e suas dicas são de ouro, muito obrigada Karol, que Deus abençoe você e seu esposa, e como eu estou longe e nem a conheço, que neste momento Deus possa lhe dar o abraço que eu não posso, muito obrigada por acalmar meu coração!!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre muito bem-vindo!

#CDCMovies A Boa de Domingo Adesivos Almofadas Amarelo Aparadores Artesanato Augustinho Autoestima Azul Banheiras Banheiros Bege Bijoux Branco Cabelo Casa de Celebridade Casamento Casas Espetaculares Chá de Bebê Chá de Panela Ciúme Closet Coisa de Casado Coisas para Bebês Como agradar o Marido Comportamento Construindo a nossa casa Convite Cores Cortinas Cozinha Divertida Cozinhas Criado-Mudo Curando as Enfermidades do Casamento Curiosidade Decoração Decoração Teen Decupagem Desafio Dia 12 Dia dos Namorados Dia-a-dia-da-Karol Dicas de Beleza Dinheiro Divórcio Dourado Esmalte da Semana Espelhos Estampas Eu indico esse DVD Eu indico esse Livro Faça Você Mesmo Família Festas Fotografia Fotos com Marido Fugindo das Tentações Galochas Girafa Gravidez Home Office Hotéis Iluminação Instas da Semana Karol Ferro Collection Laços Laranjado Lembrancinha Leona Lilás Look do dia Low Carb Luminárias Mãe Maquiagem Marrom Melhore seu Casamento Melissa Mesa Posta Mesas Moda Momento Fofo Do Dia Natal Noivinhos Novidades Objetos Decorativos Organização Panelas Papel Contact Papel de Parede Papo de Amiga Parabéns Marido Paredes Patchwork Paz no Rio Pedidos de Casamento Penteadeiras Pérolas Bíblicas para o seu Casamento Pet Pisos e Revestimentos Pr. Áquila Cabral Prateleiras Prateleleiras Presente Preto Produtos e Marcas Publipost Pulseiras Quadros Quarto de Bebê Quarto de Casal Quarto de Irmãos Quarto de Menina Quarto de Menino Quarto de Solteiro Rapidinhas Receitas Reciclagem Rede Reflexão Relacionamento Renda Extra Rosa Saiu na Fanpage do CDC Sala Sala de Jantar Salas Sapatos Selinho Sexo Sofás Sogra Sorteio Spray Tapetes Turquesa Utilidades Domésticas Verde Vermelho Viagem Vídeo Vintage Votos do Altar