quinta-feira, 9 de outubro de 2014

NA RIQUEZA OU NA POBREZA - Primeira parte da série "Votos do Altar"

O meu pastor está escrevendo uma série que muito nos interessa: Votos do Altar. É a cara do CDC! Já amei a primeira parte, por isso vou compartilhar com vocês e, assim que ele for me mandando as outras partes, publico aqui (provavelmente uma por semana). Tenho certeza que vai nos edificar muito!


#fail


"Hoje começo uma série chamada 'Votos do Altar'. Lembro-me até hoje de uma coisa muito curiosa no primeiro casamento que realizei. Simplesmente nunca tinha visto os noivos antes. Isso aconteceu porque o pastor oficiante da celebração não pôde comparecer, então me ligou para socorrê-lo. Depois disso, já celebrei a cerimônia de tantos casamentos que já perdi as contas. 

Há várias coisas que marcam em uma cerimônia de casamento. A entrada da noiva marca muito. O tapete vermelho, o véu, o olhar apaixonado do noivo, os convidados de pé... tudo numa espécie de reverência ao amor e mistério daquele encontro. Porém, uma das coisas mais marcantes para mim em uma cerimônia são os votos do altar. Trata-se do momento onde dou aos noivos a oportunidade de dizerem, entre outras coisas, as palavras 'na riqueza ou na pobreza, na saúde na doença, na alegria ou na tristeza... até que a morte nos separe'. 

Tratando sobre a primeira expressão 'na riqueza ou na pobreza', lembro-me de uma dessas histórias de casamento. 

Um casal de idosos recebeu um casal jovem em sua casa. A intenção do novo casal era de fazer uma pesquisa para a faculdade sobre o que faz o casamento durar. Nessa visita eles viram que os veteranos cônjuges compartilhavam de tudo. No banheiro, viram uma toalha só, e perguntaram: - Onde está a outra toalha? O casal respondeu: - Compartilharmos uma toalha só desde que casamos. Foram ao quarto e, vendo um travesseiro só, perguntaram: - Onde está o outro travesseiro? A resposta não foi diferente: - Compartilharmos o mesmo travesseiro desde que casamos. Feita a curiosa auditoria em toda a casa e vendo que, de fato, compartilhavam de tudo, os recém-casados foram convidados a um singelo lanche com os highlanders do amor antes de se despedirem. Já sentados, cada um recebeu seu lanche. Foi inevitável notar que o experiente casal compartilhava de um mesmo lanche. Apenas um detalhe muito curioso: só a esposa estava comendo. Então perguntaram já deduzindo: - Vocês também compartilham da mesma refeição desde que casaram, certo? Eles responderam: - Isso mesmo. O nubente universitário se apressou em perguntar ao marido idoso: - Mas por que só sua esposa está comendo agora? O velho respondeu com um sorriso vazio: - É que desde que perdemos os dentes, compartilhamos a mesma dentadura, e nesse caso, primeiro as damas. 

É incrível ver o que o amor faz entre duas pessoas que se amam verdadeiramente. Não há nada que os separe. Há muito casal que começa o casamento tratando o outro de 'meu bem' pra cá, 'meu bem' pra lá. Depois de um tempo e de algumas dificuldades financeiras, o mesmo casal está diante de um juiz dizendo um para o outro 'meus bens pra cá, seus bens pra lá'. Não aprenderam a compartilhar tudo nos momentos mais difíceis. Aliás, muitos casais de namorados pensam que casamento tem que ser a união de duas pessoas prontas. Querem terminar a faculdade, fazer o mestrado, depois o doutorado, comprar a casa, o automóvel, e então marcar o dia do casamento. O que eles não percebem é que tudo isso teria um gosto especialmente diferente se fosse conquistado a dois. Deveriam saber que nunca estaremos prontos para o casamento. É o amor que nos apronta para o outro. 

Saber viver com pouco e continuar juntos não é mediocridade, é amor. É esse amor que une casais pobres que se tornaram ricos, e mantém juntos casais ricos que ficaram pobres. O termômetro do casamento não é a conta bancária, mas o amor. O Apóstolo Paulo, escrevendo para o jovem Timóteo disse que 'o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e por causa dessa cobiça alguns se desviaram da fé e se torturaram com muitas dores'. O texto sagrado diz: 'se torturaram com muitas dores'. Há dores agudas quando o mais amado é o que o outro tem, e não o que ele é. O problema então não é o dinheiro, mas o amor ao dinheiro. Quando deixo de amar pessoas para amar coisas, então já não sei o que significa casamento. 

Um casamento feliz é feito de pessoas que sabem viver com dois carros, dois travesseiros, duas refeições, mas se necessário for, estão dispostos a andar a pé, dormir no chão, dividir o mesmo bife, e quem sabe, comê-lo com a 'mesma a dentadura'. Pense nisso. Ame para sempre. Que Deus te abençoe." 
(Pr. Áquila Cabral)


Edificadas? Quantas disseram "eeeeeeeca!!!" depois de ler sobre os velhinhos dividindo a dentadura??? Eu confesso que disse, mas o significado disso é incrivelmente bonito! Muitas vezes tive que dividir um colchão de solteiro com o marido, dividir o banho porque a água estava acabando, dividir um miojo, e já precisei inclusive emprestar a minha escova de dentes pra ele numa emergência. Momentos difíceis ficam mais leves quando vividos com amor e gargalhadas entre o casal. 

Te convido a viver intensamente e verdadeiramente os votos que fez no altar. Tamo junto? o/



Marido me mandou ir escovar os dentes, por precaução! rsrsrs 



16 comentários :

  1. Que texto lindo Karol!!
    Muito edificante, palavras simples que ensinam muito. Obrigada por dividir conosco!

    Carla.

    ResponderExcluir
  2. Adorei o blog. Como faz pra seguir não achei o botão... :(
    Passa no meu cantinho também se puder! Beijinhos

    http://contodefadas-leeh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Muuuuuuito edificante Karol! Eu desde que fiquei noiva, divido tudo que é possível com o meu noivo, inclusive a escova de dentes, quando vamos viajar, ele sempre esquece de pegar a escova dele, então acabou emprestando a minha para ele... e tenho certeza que após o casamento vai ser assim pra sempre! Amo ele, e amo dividir as coisas com ele! Qdo saímos pra comer alguma coisa na rua, sempre tomamos o mesmo copo de suco, sempre provo o prato que ele escolheu, mesmo que seja o mesmo a gente sempre experimenta o prato do outro! Mto feliz.. ;)

    ResponderExcluir
  4. Texto lindo !!
    História encantadora desse casal de idosos ! :)

    ResponderExcluir
  5. Karol nós jovenscasados somos fãs de vcs....vc e seu esposo.vamos trabalhar isso na nosaa rede de casais....

    ResponderExcluir
  6. No mundo capitalista e consumista em que vivemos, falar em dividir, é quase um xingamento... rs
    Mas como somos sal da terra e luz do mundo, temos que ter esse princípio em tudo na nossa vida, para de fato, fazermos a diferença!
    Palavras sábias e edificantes!
    Sempre é abençoador ler seu blog!
    Bjinhos

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito, muito mesmo. Me identifiquei. Divido tudo e dividiria a dentadura se precisar ♥
    Só não gostei da cor do texto. muito claro dificultou minha leitura. Bjs ansiosa para a próxima.

    ResponderExcluir
  8. Fiquei maravilhada com tantos pequenos detalhes... Mas que fazem muita diferença no nosso dia a dia.
    Dia 20 de Novembro faço 5 anos de casada, nao tem nada melhor do que compartilhar o que mais gostamos com a pessoa que a gente ama.
    Karol um fato engraçado que sempre acontece comigo, quando estou fazendo alguma coisa gostosa e ele(marido) as vezes ja comeu na rua, eu sempre pergunto você também quer? ele diz não! Pergunto mais uma vez, você vai querer? e ele torna a dizer não! Quando está pronto ele diz:
    - Parece estar gostoso, posso experimentar?
    As vezes tenho que dizer não, por que sei o que acontece depois, nessa de só experimentar ele pega, não me devolve ai acabo ficando sem, rsrsrsrsrs.
    Mas... Mesmo eu ficando sem, não tem nada mais gostoso compartilhar e depois ainda ganhar um beijo, um abraço e um elogio de que estava bom.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. "O termômetro do casamento não é a conta bancária, mas o amor."
    É incrível como isso é verdade! E como é bom dividir tudo com sua outra metade,afinal somos um!

    ResponderExcluir
  12. Amiga, amei o texto, muito bom *_*
    E acabou clareando a minha mente pra muitas coisas nessa nova caminhada, as vezes depois de casar é um momento difícil, pois estamos aprendendo. Mas chega a ser gostoso também, porque estamos batalhando para conquistar nossas coisas :D
    <3

    oibranquinha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Ahh, esse texto é mais que lindo... Era o Espírito Santo susurrando no ouvido do Pastor Áquila rs :)
    Que através da sua vida e desse blog, Karol, pessoas como eu possam ser edificadas.
    Beijos. *: Edla Lemos.
    (Sou uma futura-noiva apaixonada, rs vc poderia fazer textos sobre como foram os preparativos para o dia do casamento, lua de mel, os primeiros dias de casados, as principais dificuldades, etc...)

    ResponderExcluir
  14. Perfeito! Muito edificante. Já compartilhei com tds as amigas casadas/noivas. :) vou ler os outros agora. Tô tirando o atraso de leitura do CDC

    ResponderExcluir
  15. Engraçado eu acabei de comentar no terceiro texto e por curiosidade fui ler esse e vi que eu é quem estou me auto-sabotando e ao meu casamento... nos estamos com quase 2 anos de casados e ja passamos por tanta coisa e dificuldade e ainda estamos passando mas nao é por isso que estamos brigando é por meu jeito(ignorante) de ser... mais uma vez obrigada pela suas posatagens...

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre muito bem-vindo!

#CDCMovies A Boa de Domingo Adesivos Almofadas Amarelo Aparadores Artesanato Augustinho Autoestima Azul Banheiras Banheiros Bege Bijoux Branco Cabelo Casa de Celebridade Casamento Casas Espetaculares Chá de Bebê Chá de Panela Ciúme Closet Coisa de Casado Coisas para Bebês Como agradar o Marido Comportamento Construindo a nossa casa Convite Cores Cortinas Cozinha Divertida Cozinhas Criado-Mudo Curando as Enfermidades do Casamento Curiosidade Decoração Decoração Teen Decupagem Desafio Dia 12 Dia dos Namorados Dia-a-dia-da-Karol Dicas de Beleza Dinheiro Divórcio Dourado Esmalte da Semana Espelhos Estampas Eu indico esse DVD Eu indico esse Livro Faça Você Mesmo Família Festas Fotografia Fotos com Marido Fugindo das Tentações Galochas Girafa Gravidez Home Office Hotéis Iluminação Instas da Semana Karol Ferro Collection Laços Laranjado Lembrancinha Leona Lilás Look do dia Low Carb Luminárias Mãe Maquiagem Marrom Melhore seu Casamento Melissa Mesa Posta Mesas Moda Momento Fofo Do Dia Natal Noivinhos Novidades Objetos Decorativos Organização Panelas Papel Contact Papel de Parede Papo de Amiga Parabéns Marido Paredes Patchwork Paz no Rio Pedidos de Casamento Penteadeiras Pérolas Bíblicas para o seu Casamento Pet Pisos e Revestimentos Pr. Áquila Cabral Prateleiras Prateleleiras Presente Preto Produtos e Marcas Publipost Pulseiras Quadros Quarto de Bebê Quarto de Casal Quarto de Irmãos Quarto de Menina Quarto de Menino Quarto de Solteiro Rapidinhas Receitas Reciclagem Rede Reflexão Relacionamento Renda Extra Rosa Saiu na Fanpage do CDC Sala Sala de Jantar Salas Sapatos Selinho Sexo Sofás Sogra Sorteio Spray Tapetes Turquesa Utilidades Domésticas Verde Vermelho Viagem Vídeo Vintage Votos do Altar