quarta-feira, 24 de julho de 2013

FÃ Nº1 DO MARIDO

No penúltimo post falei sobre “Colheita Feliz”, destacando a importância da lei da semeadura no casamento. Essa lei é bíblica e diz que se plantarmos uma boa semente, colheremos bons frutos. Em outras palavras, seja uma boa esposa e acabará colhendo um maridão. Esse é um princípio universal e só não funciona se não tivermos persistência. Como eu sempre digo: que as nossas atitudes sejam exatamente proporcionais às que queremos que o cônjuge tenha e, que comece em nós as mudanças para um casamento maravilhoso que desejamos alcançar.

Como esse é um blog voltado para o público feminino, meu intuito é conscientizar você, querida leitora, a iniciar hoje mesmo a transformação que tanto sonha no seu casamento.  Vamos esquecer um pouquinho o nosso ego e focar nas nossas atitudes. Não vale comentar o post falando "seeeempre as mulheres" ou "eles também deviam agir assim". Eles devem mesmo, mas estou falando com vocês - mulheres virtuosas que possuem iniciativa e determinação.  

Todo mundo gosta de ser admirado. A palavra “admiração” é linda e cheia de significados, no entanto, entre todos eles, destaco o mais belo: sentimento de respeito e afeto a alguém digno de amor e consideração. Todos os homens não só gostam, como procuram por admiração. No geral, nossos maridos buscam admiração e reconhecimento em muitos lugares: no trabalho, no futebol com os amigos, na casa dos pais. Mas onde seu marido está sendo mais apreciado? Será que ele tem tido a necessidade de ir a algum lugar para se sentir admirado?

Como escrevo sobre comportamento, é inevitável reparar o comportamento das pessoas por onde passo. Sempre vejo alunas apaixonadas por seus professores, secretárias que acham seus patrões super bonitos, enfermeiras e pacientes que estão sempre enchendo a bola dos médicos... Enfim, como será que as esposas desses homens se sentem em relação a isso? Como será que eles mesmos se sentem em relação a isso? Será que ele é mais apreciado na rua ou em casa? Devemos assumir o compromisso de sermos as fãs número 1 dos nossos maridos. Eles devem se sentir mais especiais em casa do que na rua. E antes que alguém diga que esse texto está muito “machista”, pense em como seria se você recebesse exatamente esse tratamento de lá pra cá. Seria incrível, né?

(Essa silhueta bonita na foto é minha e do marido, lá em Cabo Frio - RJ)

Quando a mulher diz ao homem que ele é maravilhoso, isso o motiva, o faz querer chegar mais longe na vida. Ele se sente mais capaz de fazer coisas novas, a aperfeiçoar seus talentos, elevando seu nível de excelência. A admiração é um prêmio para ele. O homem sente muito mais satisfação quando a esposa reconhece seus esforços e aprecia tudo o que ele conquistou do que na hora em que recebe seu salário. Precisamos apreciar nossos maridos pelo que eles são, não pelo que podem vir a ser ou ter. Sem a admiração da esposa, alguns homens não acreditam em si mesmos. A crítica força o homem a ser mais defensivo, mas a admiração faz com que ele tenha ânimo e motivação. O homem espera - e necessita – que sua mulher seja a sua admiradora mais entusiasmada. Ele se sente confiante com o apoio da esposa, e em geral é bem-sucedido em tudo o que realiza.

Muitos maridos que tiveram um caso extraconjugal ressaltam que a admiração da amante agiu como uma massagem relaxante em seu ego, comparando com a frigidez polar das críticas da esposa. É claro que isso não justifica o erro dele e nem ameniza a culpa, mas até certo ponto explica o motivo. Muitas mulheres estão empurrando seus maridos para fora de casa com palavras de reprovação, sem nenhuma cautela. Um estudante de psicologia que acompanhou o dia-a-dia de muitos lares observou que 90% das referências de um para o outro no lar são feitas em estilo de crítica. A crítica é perniciosa porque destrói o amor nos relacionamentos. Muitos homens vivem tristes e inseguros porque são alvos de críticas, ou do uso constante de palavras de reprovação em seu lar. A crítica constante destrói a autoconfiança e a segurança interior. “Lábios que se moldam apenas para criticar afastam os beijos”, afirmou George Vandeman. Quase que em sua totalidade, a crítica tem como base o orgulho e o egoísmo. Aquele que só sabe criticar, deseja mudar o outro segundo suas expectativas. 

Os nossos maridos precisam da perspectiva que a nossa apreciação lhes proporciona. Isso não significa que você tenha que fingir ou dizer que ama alguma coisa que você não gosta, mas colaborar com ele nas necessidades que os dois precisam suprir, estabelecendo uma estratégia que promova a tão desejada admiração.

Nem todos os homens são admirados no trabalho. Se o trabalho faz com que ele se sinta fracassado, ele vai procurar outro lugar para ser admirado. Poderá ser num campo de futebol, num jogo de sinuca, em festas ou numa sala de bate papo on-line. Isso é natural do do ser humano. Precisamos sentir que temos valor. Acho que seria muito mais proveitoso se esse lugar fosse em casa, nos braços de sua esposa, no aconchego do coração de sua amada!

Você deseja que ele te dê mais valor? Deseja do fundo do coração ser mais admirada e valorizada? Então o admire e valorize-o sempre que tiver uma oportunidade. Se você começar a colocar vários elogios na ponta da língua e seu marido estranhar seu comportamento, diga que havia esquecido que tinha um marido tão maravilhoso e voltou a notar isso nos últimos dias.

Alguns maridos podem demorar um pouco a reagir e a começar a retribuição, mas seja persistente e logo você ganhará um marido entorpecido de amor por você!


Marido ganhou um jantar especialíssimo hoje! =)


22 comentários :

  1. Amo seus posts, sempre ajudam muito!!

    ResponderExcluir
  2. Amei tudo que você falou! É a pura realidade!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. É verdade!

    Muito bom o texto! Voltamos aquela imagem do ciclo benéfico.

    Além de tomar cuidado com as críticas, saber elogiar e reconhecer pequenas atitudes é uma alegria no casamento.

    Lembro de uma vez, que depois de um dia inteiro que meu esposo ficou comigo por causa de um exame mais complicado, eu o agradeci pela presença e por ter cuidado de mim.

    Ele ficou super feliz. Disse que "não era mais que a obrigação dele", mas que ficava feliz com o reconhecimento da disponibilidade.

    Mesmo as coisas 'óbvias' devem ser enaltecidas. E com certeza, faz toda diferença.

    Outra coisa que a cada dia eu posso testificar mais e mais, é rir das piadinhas.
    Esposo que consegue fazer a esposa rir espontaneamente, ganha o dia!

    Esposas, sorriam e riam para os maridos!




    ResponderExcluir
  4. No meu caso foi ao contrário, meu marido começou o casamento me criticando por que eu não parava em emprego nenhum, dizia que eu não conseguia nem arrumar um emprego que prestasse, por que ele dá muito valor a isso, bom emprego, bom salário, sucesso profissional...E virava e mexia me machucava com palavras. Enquanto eu trabalhava ele contava com minha opnião pra fazer tudo (e com meu salário tb)...a partir do mmomento que parei de trabalhar por um tempo, ele começou a dizer que já que não pagava nada, não tinha que saber com que ele estava gastando o dinheiro, nem o que tinha no cartão de crédito... E depois que tivemos uma filha, ai que piorou...senti que perdi a credibilidade com ele, pq ele me disse que quando casou esperou que eu o ajudasse a crescer financeiramente. Então eu desanimei muito...já pensei em me separar mas por conta de nossa filha eu sempre tomo fôlego e tento me animar, começo bem, fazendo as coisas que ele gosta, tratando com carinho, orando, e fechando os olhos pras coisas q ele faz que não gosto...mas não demora muito desanimo de novo, pois tudo que já aconteceu me feriu muito e nunca vejo nenhuma mudança nele. Sei que talvez não esteja persistindo o suficiente...mas o jeito como ele conduz as coisas, não dando atenção as coisas importantes do relacionamento, sempre dando valor a ter bens, me desanima cada vez mais.
    Desculpe o desabafo, esse post é a verdade de Deus para nós. PEço sempre que Deus me ajude a perdoa-lo e restaure meus sentimentos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Adorei a mensagem Karol, as vezes acabamos deixando de lado coisas simples que futuramento podem acabar afetando bastante nosso casamento! Amei :)

    ResponderExcluir

  6. Olá..eu sou Carol...eu fiz um diario virtual como meu blog, se quiser dar uma passadinha pra visitar eu ficaria mt ofeliz *-* to começando agora...bem comecinho mesmo!!! se gostar me siga pra ficar por dentro dos posts!!!
    Obrigadaa, aqui tbm é mto fofo, ainda to aprendendo a mexer =D ah tbm tenho um canal no youtube chama: sweetcarol11 :)

    ResponderExcluir
  7. Coisa boa é ler essas palavrinhas tão edificantes né!?
    Isso mesmo Ka, temos que valorizar nossos amores, reconhecer que eles para nós são os melhores, que dentro de casa fazem total diferença. Eu já passei por várias lutas com meu marido, mas hoje eu sei que realmente se plantarmos uma boa semente, colheremos bons frutos, pois meu marido é o melhor do mundo pra mim, exatamente do jeito que pedi a Deus, mas para isso eu tive que rever meus erros e minhas atitudes e principalmente parar de querer moldar ele da minha maneira e passar a admirar as coisas boas que ele faz do seu jeito.
    Beijoss!!!

    ResponderExcluir
  8. Nossa, quanta coisa que acrescenta! Tudo verdade!!
    Reconhecer pra ser reconhecida, crescer junto.

    Adorei!

    Bjs
    neurasdeumanoiva.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Nossaaaa faz muitooo tempo que não visito aqui!!! Fiquei com saudade dos meus blogs favoritos!!!! Como sempre seus posts estão ÓTIMOS!!!!Querida eu finalmente depois de 2000 anos fiz um post (simples) pra começar o meu blog, gostaria muito que vc fosse me fazer uma visita e deixar dicas e opiniões e me seguir também, afinal agora estou na pele de iniciante e ansiosa pra todas que gosto no meu blog .... um super beijo. http://jaquelinechavess.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ontem passei por um diluvio aqui em casa. Nesses últimos dias eu e meu marido estávamos bastante unidos, felizes, em uma sintonia total. Até que ontem ele foi trabalhar e quando chegou senti um cheiro de álcool fortíssimo no hálito dele. Eu perguntei se ele havia bebido e ele disse que não. Aí eu deixei pra lá, mas toda hora que ele falava perto de mim, eu percebia o cheiro aí eu voltei a falar do assunto e disse a ele que não precisava mentir pq tava na cara. Mas ele batia o pé dizendo que não. Aí eu sentei mega, super, hiper estressada no sofá e deixei ele no quarto, aí ele foi falar comigo e falou: -Meu amor, vc é muito mais esperta do que eu imaginava, realmente eu bebi mas foi só um copo, foi lá no trabalho na hora do almoço. O rapaz me ofereceu e eu bebi, mas foi só um copo, não passou disso. Meninas minha raiva aumentou de um jeito que vcs não fazem idéia, pq eu e ele havíamos prometido um pro outro que jamais em hipótese alguma iríamos tocar uma gota de álcool na boca, a não ser que fosse na presença do outro e durante uma comemoração e agente prometeu não mentir também, contar a verdade, mesmo que doa. Aí ontem ele me decepcionou dobrado. Falei de separação, disse que ia pro interior de SP pra onde eu morava, aí ficou doido desesperado, me pediu desculpas chorando me pediu perdão e eu disse que não iria aceitar pq não foi a primeira vez. Aí ele não desistia de tentar me convencer. Não teve o que inventar e pegou a caixinha de remédios pegou tudo quanto é tipo de comprimidos, tinha mais de 20 comprimidos na mão dele e pegou água e engoliu tudo, disse que já que eu a embora que a vida dele não iria ter mais sentido. Uns 40 minutos depois começou a vomitar, a tossir, foi ridículo. Cheguei a ligar pra minha mãe na Bahia pra conversar e dizer o que tinha acontecido e disse a ela que iria viajar e que meu casamento tinha acabado. Mas eu fiz a ligação pra pessoa certa, minha mãe me fez enxergar tudo direito e me disse que família é tudo e que o diabo estava agindo mas que era pra eu não da o braço a torcer. Eu já sabia daquilo tudo que minha mãe tava me dizendo, mas ouvindo dela foi especial demais, foi mágico. E olha que eu nunca tinha ligado pra minha mãe antes pra falar sobre a minha vida, sobre os meus problemas. Foi muito bom! Eu desliguei o telefone com novos pensamentos, novas atitudes. Acho que é sempre bom agente conversar com quem nos ama de verdade e quer muito o nosso bem. Minha mãe nasceu em berço evangélico e nunca se desviou graças a Deus. Conversei muito com o meu marido, nos entendemos e ele ligou pra minha mãe pra dizer que tudo tinha se resolvido graças a ela, aí ele agradeceu a ela e agora tá tudo bem. E não posso esquecer de dizer que amo seus posts, e tudo que vc escreve é lindo. Gostaria muito de receber emails como esse com frequência! Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa cuidado viu isso poderia ter se transformado numa tragédia sei q e difícil mas esperar as coisas acalmarem pra conversar as vezes e melhor, ou esperar o efeito do álcool passar, mas q bom q deu td certo bjs

      Excluir
  11. Ontem passei por um diluvio aqui em casa. Nesses últimos dias eu e meu marido estávamos bastante unidos, felizes, em uma sintonia total. Até que ontem ele foi trabalhar e quando chegou senti um cheiro de álcool fortíssimo no hálito dele. Eu perguntei se ele havia bebido e ele disse que não. Aí eu deixei pra lá, mas toda hora que ele falava perto de mim, eu percebia o cheiro aí eu voltei a falar do assunto e disse a ele que não precisava mentir pq tava na cara. Mas ele batia o pé dizendo que não. Aí eu sentei mega, super, hiper estressada no sofá e deixei ele no quarto, aí ele foi falar comigo e falou: -Meu amor, vc é muito mais esperta do que eu imaginava, realmente eu bebi mas foi só um copo, foi lá no trabalho na hora do almoço. O rapaz me ofereceu e eu bebi, mas foi só um copo, não passou disso. Meninas minha raiva aumentou de um jeito que vcs não fazem idéia, pq eu e ele havíamos prometido um pro outro que jamais em hipótese alguma iríamos tocar uma gota de álcool na boca, a não ser que fosse na presença do outro e durante uma comemoração e agente prometeu não mentir também, contar a verdade, mesmo que doa. Aí ontem ele me decepcionou dobrado. Falei de separação, disse que ia pro interior de SP pra onde eu morava, aí ficou doido desesperado, me pediu desculpas chorando me pediu perdão e eu disse que não iria aceitar pq não foi a primeira vez. Aí ele não desistia de tentar me convencer. Não teve o que inventar e pegou a caixinha de remédios pegou tudo quanto é tipo de comprimidos, tinha mais de 20 comprimidos na mão dele e pegou água e engoliu tudo, disse que já que eu a embora que a vida dele não iria ter mais sentido. Uns 40 minutos depois começou a vomitar, a tossir, foi ridículo. Cheguei a ligar pra minha mãe na Bahia pra conversar e dizer o que tinha acontecido e disse a ela que iria viajar e que meu casamento tinha acabado. Mas eu fiz a ligação pra pessoa certa, minha mãe me fez enxergar tudo direito e me disse que família é tudo e que o diabo estava agindo mas que era pra eu não da o braço a torcer. Eu já sabia daquilo tudo que minha mãe tava me dizendo, mas ouvindo dela foi especial demais, foi mágico. E olha que eu nunca tinha ligado pra minha mãe antes pra falar sobre a minha vida, sobre os meus problemas. Foi muito bom! Eu desliguei o telefone com novos pensamentos, novas atitudes. Acho que é sempre bom agente conversar com quem nos ama de verdade e quer muito o nosso bem. Minha mãe nasceu em berço evangélico e nunca se desviou graças a Deus. Conversei muito com o meu marido, nos entendemos e ele ligou pra minha mãe pra dizer que tudo tinha se resolvido graças a ela, aí ele agradeceu a ela e agora tá tudo bem. O que vc postou acima, me deu animo pra não desistir de faze-lo feliz, tudo que vc posta é lindo, é maravilhoso. Gostaria de receber mensagens de auto-estima como essa no meu e-mail com frequência. Parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Karol suas palavras me ajudaram bastante, passarei a cuidar mais das coisas que falo, ser mais carinhosa e não criticar. Ser mais atentas aos acertos! Obrigada!

    ResponderExcluir
  13. Obrigada Karol pelas dicas, estou precisando da mais atençao para o meu marido e vc me fez ver isso :)

    ResponderExcluir
  14. Obrigada Karol suas palavras me fez ver que estou errando muito em relação ao meu casamento :)

    ResponderExcluir
  15. Karol, acha que essa atitude de ser fã número 1 pode começar no namoro?

    ResponderExcluir
  16. Karol, eu adoro seu blog! Muitas vezes fico até de madrugada lendo os posts.
    Gostaria de parabeniza-la, sei que é difícil, pois há muitas mulheres que curtem o seu blog, e sabemos que tem uma vida corrida, mas ficaria muito feliz se me respondesse.
    Sou casada há 10 meses, talvez seja pouco tempo para diagnosticar algum problema, mas me sinto perdida muitas vezes!
    Bom, eu amo demais o meu marido, ele é tudo o que eu sempre sonhei, ele é mega carinhoso, tem muita paciência comigo, se preocupa, enfim. O que acontece é que ele não tem responsabilidade em relação a dinheiro, contas para pagar, ele não se preocupa se amanhã teremos o que comer ou não, ele é impulsivo, e se eu deixar o dinheiro nas mãos dele, logo desaparece. Ele sempre foi assim, desde quando namorávamos, eu converso com ele, explico, e ele sempre diz que vai melhorar, mas nunca muda, ele gasta tanto dinheiro com bobagens, e eu tenho que tomar conta de tudo sempre, abrindo mão de coisas por que ele comprou tudo o que queria, e não pagou as contas, dai tenho que pegar meu dinheiro e pagar! Ultimamente tenho cansado disso, parece que ele não quer que tenhamos uma vida melhor, eu sempre quis que nós crescessemos materialmente juntos, mas parece que ele não me apoia, e só pensa em ver filmes e jogar video game. Nós não temos a nossa casa ainda, que é meu sonho, não temos carro, e ele não tem nem cnh, quero ser mais compreensiva! Sempre cobro dele, e as vezes o ofendo, mas não quero mais que isso aconteça, quero mudar para ver as mudanças dele! Eu ficaria muito feliz se vc conseguisse me responder!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre muito bem-vindo!

#CDCMovies A Boa de Domingo Adesivos Almofadas Amarelo Aparadores Artesanato Augustinho Autoestima Azul Banheiras Banheiros Bege Bijoux Branco Cabelo Casa de Celebridade Casamento Casas Espetaculares Chá de Bebê Chá de Panela Ciúme Closet Coisa de Casado Coisas para Bebês Como agradar o Marido Comportamento Construindo a nossa casa Convite Cores Cortinas Cozinha Divertida Cozinhas Criado-Mudo Curando as Enfermidades do Casamento Curiosidade Decoração Decoração Teen Decupagem Desafio Dia 12 Dia dos Namorados Dia-a-dia-da-Karol Dicas de Beleza Dinheiro Divórcio Dourado Esmalte da Semana Espelhos Estampas Eu indico esse DVD Eu indico esse Livro Faça Você Mesmo Família Festas Fotografia Fotos com Marido Fugindo das Tentações Galochas Girafa Gravidez Home Office Hotéis Iluminação Instas da Semana Karol Ferro Collection Laços Laranjado Lembrancinha Leona Lilás Look do dia Low Carb Luminárias Mãe Maquiagem Marrom Melhore seu Casamento Melissa Mesa Posta Mesas Moda Momento Fofo Do Dia Natal Noivinhos Novidades Objetos Decorativos Organização Panelas Papel Contact Papel de Parede Papo de Amiga Parabéns Marido Paredes Patchwork Paz no Rio Pedidos de Casamento Penteadeiras Pérolas Bíblicas para o seu Casamento Pet Pisos e Revestimentos Pr. Áquila Cabral Prateleiras Prateleleiras Presente Preto Produtos e Marcas Publipost Pulseiras Quadros Quarto de Bebê Quarto de Casal Quarto de Irmãos Quarto de Menina Quarto de Menino Quarto de Solteiro Rapidinhas Receitas Reciclagem Rede Reflexão Relacionamento Renda Extra Rosa Saiu na Fanpage do CDC Sala Sala de Jantar Salas Sapatos Selinho Sexo Sofás Sogra Sorteio Spray Tapetes Turquesa Utilidades Domésticas Verde Vermelho Viagem Vídeo Vintage Votos do Altar