terça-feira, 5 de julho de 2011

LANTERNAGEM NO CASAMENTO



Eu adoro ler tudo a respeito de casamento. Desde decoração das festas até como não deixar as crianças interferirem no relacionamento. Adoro reparar como os casais se tratam e sempre quero entender a raiz dos problemas conjugais. Esse tema sempre foi importante pra mim e é a essência e o motivo desse blog. Não adianta a gente só falar de decoração, ter uma casa linda e um casamento “mambembe”. Precisamos investir no nosso casamento e mesmo quando tudo está muito bem, temos que ter o compromisso de fazer a revisão e trocar o óleo pro carro não dar defeito. Achei muito interessante um livro que li sobre casamento e vou passar pra vocês, de forma adaptada, uma parte que julguei mais importante.

Segundo Craig Hill e Karolzinha...

Quando a gente olha pro casamento, a gente entende que o propósito de Deus foi o de unir duas pessoas e torná-las uma. Já o diabo quer desfazer tudo que Deus faz e se não estivermos de olhos bem abertos, poderemos deixar que ele arme um esquema e divida o casal em dois. É isso que ele quer: divisão. O prefixo “Di” quer dizer dois, então di-visão quer dizer duas visões, ver duas coisas diferentes. Ele tenta fazer com que o marido e a esposa percebam coisas completamente diferentes. Ele consegue fazer com que o casal ataque um ao outro como se fossem inimigos e se firam verbal e emocionalmente.

Existe um filme sobre a Revolução Americana de 1776, onde o primeiro tiro ficou conhecido como “o tiro ouvido no mundo todo” que ilustra bem o que acontece facilmente em muitos casamentos. Soldados britânicos de um lado sendo confrontados por colonos da milícia americana do outro. Um exército de frente pro outro com as armas a postos. Os comandantes de cada exército se aproximaram para negociar um acordo.

Sem que ninguém soubesse, tinha um traficante de armas escondido ali atrás de um muro que não estava nem aí pra questões políticas de nenhum lado. A única coisa que ele queria era o início da guerra pra que ele pudesse vender armas para os dois exércitos. Enquanto os generais entravam num acordo, o traficante atirou e matou o subcomandante do exército britânico. Claro que os americanos revidaram e assim começou a guerra.

Entende? “O tiro ouvido no mundo todo” não foi dado por nenhuma das partes. E é isso que muitos casais não enxergam. Quando a gente tem problemas no casamento, sempre a culpa é do outro. “Ah, mas ele não entende...”, “mas foi ela quem falou...” e assim ninguém pede perdão e ninguém assume responsabilidade de nada. Mas eles estão certos! Ninguém começou nada! Não foi nenhuma das partes quem atirou. O conflito foi iniciado pela terceira pessoa (o diabo) que tinha interesse nisso. Se você perguntasse pro comandante americano se foi ele quem deu o primeiro tiro, certamente ele responderia que foi atacado primeiro. Ele não viu o traficante de armas escondido. E se você perguntasse a mesma coisa pro britânico, a resposta seria parecida. Um atirou e o outro apenas contra-atacou em sua defesa.

No casamento, as vezes é assim. O inimigo atira em um de nós através do outro sem que percebamos. Aí ninguém assume a responsabilidade e o problema não é resolvido. Fica aquela nuvem “eu não fiz nada, vou esperar ele pedir perdão por ter atirado em mim sem motivo!”   
É por isso que precisamos ficar espertos quanto aos esquemas do diabo que estão em jogo, e não acreditarmos em mentiras como: “Meu problema é esse homem!” ou “Já que não tenho culpa, não vou pedir perdão pra ela!”.

Muitas vezes esse tiro vem na forma da comunicação. Existem 7 níveis de comunicação, mas o casal só precisa entender bem 2, nesse caso. A comunicação tópica e a relacional.
Tópicas: mensagens que enviamos um para o outro a respeito de vários tópicos ou questões exteriores de nossa vida. Por exemplo: O casal pode discutir sobre onde morar, que carro comprar, quantos filhos ter, que educação irão dar, o filme que vão alugar ou a forma como conduzirão seu relacionamento sexual. E esses assuntos são tópicos por natureza.

Infiltrada nessa, está a comunicação relacional: mensagens implícitas que enviamos ao outro em relação a sua identidade e ao seu valor pessoal. A qualquer momento o marido pode transmitir para a esposa a mensagem implícita “Você tem muito valor. Vale a pena gastar tempo com você. Suas opiniões são importantes e eu me importo com seus sentimentos.” E a qualquer momento o marido pode transmitir pra esposa a mesma mensagem completamente do avesso.

Estatisticamente, somente 7% da mensagem comunicada está contida nas palavras pronunciadas. 38% na entonação da voz e 55% na linguagem corporal. Se isso for mesmo verdade, então 93% da mensagem comunicada é transmitida de maneira não-verbal. Muitas esposa sabem disso mas não conseguem explicar o fenômeno. A maioria dos maridos não sabe disso. Eles geralmente focam a atenção nas palavras usadas. “Tudo que eu falei foi...” A esposa então exclama: “Não foi o que ele disse que me machucou, mas como ele disse aquilo!”. O que é esse ‘como’? A mensagem relacional implícita, camuflada nas entrelinhas.

A Bíblia é muito perfeita quando diz em Efésios 5.33 que o marido deve amar sua esposa e que a esposa deve respeitar seu marido.  Está aí a diferença de percepção de valores que existe entre o marido e a mulher. As mulheres se sentem valorizadas pelo amor, os homens se sentem valorizados através do respeito. Para demonstrar amor pela esposa, o marido deve deixar claro que ela é a sua maior prioridade e que as opiniões e sentimentos dela são muito importantes pra ele, e pra demonstrar respeito pelo marido, a esposa deve deixar claro que ele é aceito, admirado e bem sucedido aos olhos dela.  

Invista no seu casamento!

(Duas Pulgas e Nenhum Cachorro - HILL, Craig)


Marido me deu uma caixa de bombom! Entendi que ele me ama! =)

4 comentários :

  1. Muito bom!!!!!!! Se todas as mulheres casadas tivessem essa visão, esse pensamento, muitos casamentos estariam salvos. Adorei esse post, valeu a pena ler......parabéns!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. OI KAROL ADOREI O POST VC ME ENSINOU A OLHAR O CASAMENTO DE FORMA DIFERENTE,vc FOI A UNICA MULHER CASADA QUE NUNCA ME DISSE QUE O CASAMENTO É RUIM E QUE SE ARREPENDE DE TER SE CASADO.VC ME ENSINOU A LIDAR MELHOR COM MEU CASAMENTO E ASSIM DIMINUIR AS BRIGAS MUITO OBRIGADA FOI MUITO EDIFICANTE VALEU BEIJINHOSSS

    ResponderExcluir
  3. nossa simplesmente maravilhoso parabéns!!!

    ResponderExcluir

Seu comentário é sempre muito bem-vindo!

#CDCMovies A Boa de Domingo Adesivos Almofadas Amarelo Aparadores Artesanato Augustinho Autoestima Azul Banheiras Banheiros Bege Bijoux Branco Cabelo Casa de Celebridade Casamento Casas Espetaculares Chá de Bebê Chá de Panela Ciúme Closet Coisa de Casado Coisas para Bebês Como agradar o Marido Comportamento Construindo a nossa casa Convite Cores Cortinas Cozinha Divertida Cozinhas Criado-Mudo Curando as Enfermidades do Casamento Curiosidade Decoração Decoração Teen Decupagem Desafio Dia 12 Dia dos Namorados Dia-a-dia-da-Karol Dicas de Beleza Dinheiro Divórcio Dourado Esmalte da Semana Espelhos Estampas Eu indico esse DVD Eu indico esse Livro Faça Você Mesmo Família Festas Fotografia Fotos com Marido Fugindo das Tentações Galochas Girafa Gravidez Home Office Hotéis Iluminação Instas da Semana Karol Ferro Collection Laços Laranjado Lembrancinha Leona Lilás Look do dia Low Carb Luminárias Mãe Maquiagem Marrom Melhore seu Casamento Melissa Mesa Posta Mesas Moda Momento Fofo Do Dia Natal Noivinhos Novidades Objetos Decorativos Organização Panelas Papel Contact Papel de Parede Papo de Amiga Parabéns Marido Paredes Patchwork Paz no Rio Pedidos de Casamento Penteadeiras Pérolas Bíblicas para o seu Casamento Pet Pisos e Revestimentos Pr. Áquila Cabral Prateleiras Prateleleiras Presente Preto Produtos e Marcas Publipost Pulseiras Quadros Quarto de Bebê Quarto de Casal Quarto de Irmãos Quarto de Menina Quarto de Menino Quarto de Solteiro Rapidinhas Receitas Reciclagem Rede Reflexão Relacionamento Renda Extra Rosa Saiu na Fanpage do CDC Sala Sala de Jantar Salas Sapatos Selinho Sexo Sofás Sogra Sorteio Spray Tapetes Turquesa Utilidades Domésticas Verde Vermelho Viagem Vídeo Vintage Votos do Altar