*-*

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

NOSSA VIAGEM AO MARANHÃO - Parte 2/2

E a segunda parte dessa viagem deu um trabalhãããão por causa da escolha das fotos. (Veja a primeira parte aqui!) Foram 8 gigas de fotos. Demorei quase uma semana para selecionar as melhores e, dentre as melhores, as que entrariam para o post. De intervalo em intervalo no trabalho aqui na escola, terminei a missão! Agora vamos à segunda parte da nossa viagem ao Maranhão.

Na manhã seguinte ao casamento da Hellen e do Michel, bem cedinho, descemos pro hall do hotel pra esperar a van da Gekos Receptivo vir nos buscar e nos levar de São Luís para Barreirinhas, a cidade dos Lençóis Maranhenses, que fica a uns 250 quilômetros de distância. Enquanto isso, dei um telefonema básico para a suíte dos recém casados pra despedir da minha amiga! Só eu pra ligar pro quarto dos outros 6:40 da manhã, depois da noite de núpcias... mas nós tínhamos que nos despedir dos nossos afilhadinhos do coração (eu e o marido ainda iríamos voltar pra São Luís, mas s Hellen e o Michel já estavam indo pra Gramado). Eles desceram bem alegrinhos e foi triste largar deles! =(


Tratamento muito VIP! Uma van dessa, só pra nós dois, foi chique! =)

Chegamos em Barreirinhas antes do almoço e fomos direto pro Porto Preguiças Resort. Que lugar agradável, relaxante, tranquilo e lindo! Desde a entrada eu fui me apaixonando. É um lugar perfeito pra viajar com a família, pra curtir lua de mel, pra ir com amigos...




O amor fazendo check in. 


Nosso chalé número 221.

Os chalés parecem uma mini casa, bem amplos e confortáveis, com cama de casal e de solteiro, uma escrivaninha para trabalho, ventiladores de teto, ar condicionado potente, um banheiro grande com um chuveiro e uma ducha lado a lado, etc.













Fazendo graça!

Carne de Sol, batata chips divina e suco de laranja!








A parte preferida dele!

Só faltou levar a cama pra curtir a massagem na ducha de água natural... muita pressão!!!

Meu príncipe tava merecendo esse descanso.


*-*




O restaurante do resort.





Depois do almoço, fomos curtir o nosso primeiro passeio. O pessoal da Gekos foi até o resort nos buscar, com uma jardineira 4x4 bem "radical" para nos levar para os Lençóis Maranhenses. 

Aqui eu ainda estava às margens do Rio Preguiças, esperando a balsa chegar.

Olha a jardineira aí atravessando uma pocinha d'água! =) 

E finalmente, o tão sonhado Parque dos Lençóis.














A clássica do pôr do sol!




Esse lugar é muito intenso! Primeiro, porque é um verdadeiro deslumbre. Depois, porque o sol é quente e as dunas são eternas - o tamanho do parque equivale ao tamanho da cidade de São Paulo. É claro que a gente passeia só numa parte. A água é doce, refrescante e super cristalina! Exige muito do nosso físico, pois andar na areia não é fácil, principalmente pra mim, que tenho a energia de uma senhora de 100 anos! Sério, eu sempre ficava pra trás do grupo (repare nas fotos). Mas para o resto da humanidade é mais fácil do que pra mim, hahaha. Eu só digo uma coisa: vale a pena o esforço. Vale demaaais! É o paraíso. Apesar do sol ser bem quente, a areia não é quente e dá pra andar descalço o tempo todo. Eu usei um chapelão de mexicano e levei bastante água na minha bolsa. 

Eu já sonhava conhecer esse lugar... já tinha viajado para o Maranhão com a minha família quando eu era adolescente, mas não foi possível ir pra lá na época. Meu pai achou longe, eu acho... (Pai, você perdeu um espetáculo da natureza!) Se eu disser que é a melhor parte do Maranhão, será que alguém vai ficar triste comigo? Arrisco dizer que é o lugar mais lindo do Brasil, desbancando Arraial do Cabo do topo do meu "Top 5"! Resumindo, o que senti lá foi uma grande experiência com Deus! Lá tem cheiro de Deus! 

No dia seguinte, acordamos cedinho pra mais um passeio com a Gekos Receptivo. Dessa vez, fomos conhecer Vassouras, o farol de Preguiças (no povoado de Mandacaru), e o Caburé, que é onde o rio Preguiças encontra com o mar. Esse passeio era de "voadeira". Fiquei com medo desse nome e fui correndo dar um google pra checar esse negócio de voadeira... mas é tranquilo. Na verdade é bem gostoso! Foi uma aventura do tipo "Globo Repórter" hahaha!



Vimos pica-pau na casinha...

Essa árvore, eu esqueci o nome, mas eu sei que meu chapéu era feito com as folhas dela! Por lá, o pessoal faz a cobertura de casas simples também.  

Olha só... Globo Repórter purinho!




Essa parte é incrível... é só mata, mata, mata, aí de repente, começam as dunas! Foi de arrepiar... O motorista (piloto, comandante, sei lá...) ainda fez uma curva bem animadinha, pra dar um pouquinho mais de emoção pra cena!


Ó que bonito!

Aí chegamos em Vassouras. É onde tem os pequenos lençóis. 

E maaaais um bocadinho de dunas pra gente ficar com pernão e dar adeus às celulites!


O marido!

O marido de novo! Acho que ele abre os braços pra eu poder enxergá-lo de longe, já que ele é pequenininho... =) E ele foi embora, até sumir. Eu fiquei pra trás, pra variar. Deu uma dó dele, tadinho... Foi longe, aí começou a fazer gestos como quem diz "vem, vem, vem... aqui é lindoooo! Traz a câmera!", aí a idosa aqui respondia com o braço que não ia porque já não conseguia andar mais. Fiquei triste nessa hora... Ele teve que voltar um milhão de quilômetros só pra pegar a máquina, tentou me animar, mas eu não consegui mesmo. =( E então ele andou tuuudo de novo, até sumir outra vez. As próximas fotos são dele.  


Ele queria ir comigo naquele gazebinho... A novela "O Clone" gravou algumas cenas por ali, fingindo que era no Marrocos.

Meu pretinho!

Eu morri de amores pelos macaquinhos (macaco-prego) de Vassouras! Eles são tão amigáveis e comem as frutinhas que os turistas oferecem. Os guias cuidam pra que os turistas só ofereçam frutas! 

Só "de boa" pegando uma fresca!

E o jacaré? A cinco metros de mim, foi muita emoção! (Eu estava no barco)

Também vi a dona Iguana...

E os caranguejinhos vermelhos.






O desafio era subir o Farol Preguiças, que fica no povoado de Mandacaru.

Depois de subir mais de 160 degraus, a gente chega se arrastando e com a língua de fora! =)

Mas o visual lá de cima compensa o esforço!

O bom de viajar é que sempre dá pra conhecer gente interessante e com um papo agradável! 

Essa é a vista maravilhosa pra relaxar depois de um delicioso almoço em Caburé.


Essa é a Katreen, uma leitora do blog que encontrei no meio da viagem. Ela estava em lua de mel e foi um prazer conhecer o casal.

No fim da nossa estadia em Barreirinhas, a Gekos Receptivo mandou um táxi nos pegar no resort e nos levar até o ônibus turístico onde nos juntamos com mais alguns turistas pra voltarmos todos pra São Luís.
   

Pena que durou pouco... =(

Depois disso tudo, ainda ficamos dois dias em São Luís. No final da viagem, a companhia aérea alterou o horário do nosso vôo e tivemos que ficar mais uma noite em São Luís. Nos hospedamos no Hotel Stop Way. Uma delícia de hotel também. Uma vista linda pra Lagoa da Jansen e pra praia.





Vista da janela do quarto!

Fomos muito bem recebidos com geleias, bombons e cartinha fofa que dizia que estavam felizes com a presença do "casal Ferro" no hotel. Imagine... nós é que ficamos felizes com o carinho recebido!  



O Stop Way é um hotel mais executivo do que os outros, e eu indico muito pra quem estiver viajando para aquelas bandas a trabalho. O preço é super bom pela localização e pelo conforto do hotel. Amei! 

E foi isso! Espero que tenham gostado da nossa trip e, se ainda não conhecem esses lugares, eu indico esse roteiro, pois super valeu a pena! Realmente foi uma das viagens mais lindas que fiz junto com o marido.  


Marido tá pegando firme na academia pra perder o que ganhou nessa viagem! =) 

Agradecimentos:

Gekos Receptivo
(98) 3235 3870 - (91) 4005 5100
reservas@gekos.com.br
http://www.gekos.com.br

Porto Preguiças Resort
(98) 3349-6050

Stop Way Hotel
(98) 4009-7777


Publicidade